16.90€ 15.21 
Titulo A Caverna de Deus
Autor Fernando Esteves Pinto
Colecção
Contenporânea
Género
Romance
Proposto por
Hugo Xavier
Editor
Hugo Xavier
Formato
15,5x23,5 cm
N.º Páginas
218
Data
Novembro de 2016
ISBN
978-989-99720-0-1
«A Caverna de Deus é o paraíso das pessoas maníacas», esclarece o autor. Romance poderoso sobre as relações humanas na sua vertente mais nua, uma nudez a que a arte obriga.
PRÉMIO LITERÁRIO CIDADE DE ALMADA 2016

Um conjunto de personagens move-se em torno do mundo da arte em que as pulsões mais íntimas e primárias do ser humano, resultantes dos traumas que o enformaram, vêm ao de cima quando a representação artística exige a Verdade. Uma obra que despoja os seus protagonistas dos artifícios sociais para os reduzir à imagem que (talvez) não quisessem ter de si mesmos.
 
«A Caverna de Deus é um romance de enorme sensibilidade, a narrativa encantada de um fascínio que começa num singelo encontro num comboio e nos transporta, através da arte e da literatura, para o âmago das relações humanas. O fascínio do narrador por Constança é o mesmo de Michelangelo pelo corpo humano, ou de Sylvia Plath por Ted Hughes; e as personagens – Harry e o seu estúdio, Luciano, Vicente, Cecília – são pontuadas pela expressão de afectos, desamores e a morte (representada pela doença da mãe do protagonista), num livro que se lê como uma pauta musical, de extraordinária elegância formal e profundidade nas reflexões.» João Tordo no discurso de atribuição do Prémio Literário Cidade de Almada 2016.

***************

Obra verncedora do Prémio Literário Cidade de Almada 2016 que, no passado, foi ganho, entre outros, por José Jorge Letria, Orlando Neves, Josdé Mário Silva, António Manuel Venda, Wanda Ramos, Ana Saldanha ou Daniel Gonçalves.
 
A obra literária de Fernando Esteves Pinto foi distinguida pelo júri constituído por João Tordo, em representação da Câmara Municipal de Almada, José Correia Tavares, em representação da Associação Portuguesa de Escritores, e Liberto Cruz, em representação da Associação Portuguesa dos Críticos Literários.
 
Em 2016, estiveram a concurso 61 obras literárias originais.
 
Fernando esteves Pinto (n. Cascais 1961) é um poeta, romancista e ensaísta com vasta obra publicada e premiada.
Fernando Esteves Pinto nasceu em Cascais em 1961. Colaborou no DN Jovem (Diário de Notícias) e no Jornal de Letras. Em 1990 recebeu o Prémio Inasset Revelação de Poesia do Centro Nacional de Cultura. Em 1998 obteve uma bolsa de criação literária do Ministério da Cultura/Instituto Português do Livro e das Bibliotecas. É co-fundador e coordenador da revista de literatura «Sulscrito» e do projecto literário Palavra Ibérica. Coordenador editorial da editora 4águas. Em 2016 recebeu o prémio Literário Cidade de Almada.

Tem publicados os seguintes livros: «Na Escrita e no Rosto» (poesia); «Siete Planos Coreográficos» (poesia, edição bilingue, Huelva); «Ensaio Entre Portas» (poesia); «Conversas Terminais» (romance); «Sexo Entre Mentiras» (romance); «Privado» (novela); «Área Afectada» (poesia); «Brutal» (romance); «O Tempo que Falta» (poesia); «Identidade e Conflito» (micro-ensaios); «Dispensar o Vazio» (antologia poética); «Património Bukowski» (contos e outras estórias); «O Carteiro de Fernando Pessoa» (romance); «Humanidade» (poesia).
Sem informação
Venha construir esta editora connosco